Uriel vence na Joaca e conquista o título catarinense profissional de 2018

Uriel Sposaroi

Os campeões do Circuito ASJ Ocean Pacific de Surf foram conhecidos neste final de semana na Joaca. Uriel Sposaro, de apenas 16 anos, venceu a categoria Pro/Am disputada no sábado, e se tornou campeão catarinense profissional da temporada 2018.

Texto: João Lopes

Mesmo com ondas pequenas, a praia da Joaquina ofereceu boas condições nos dois dias de disputas na última etapa do ASJ Ocean Pacific de Surf. Um típico final de semana de verão, com muito calor e praia cheia, formaram o cenário perfeito para o desfecho do circuito 2018 de uma das associações mais tradicionais do surf brasileiro.

Seguindo o cronograma oficial da organização, as categorias Junior, Master e Pro/AM foram encerradas ainda no sábado. Em jogo estavam os títulos de cada divisão, em especial na Profissional, que consagraria o campeão da temporada 2018, após três etapas disputadas.

A primeira final entrar na água foi a categoria Junior, com a vitória de João Godoy. Após uma batalha equilibrada contra Uriel Sposaro até o último minuto, Godoy superou o amigo por apenas 0,5 ponto de diferença. Mesmo com o vice-campeonato, Sposaro conquistou o título Junior do circuito ASJ Ocean Pacific, e a passagem para o Peru oferecida ao campeão da temporada 2018 pela agência Liquid Trips.

Guilherme Santos

Na sequencia, Jorge Correa aplicou boas manobras em seus movimentos de backside, para vencer a Master. Jussemir Junior ficou em segundo lugar, chegando a ameaçar a liderança de Correa, mas o fator tempo foi implacável contra local da praia do Campeche.

A grande final Pro/Am foi decidida entre Uriel Sposaro, João Paulo de Abreu, José Muniz e Marco Polo. A derrota prematura no segundo round do até então líder do circuito José Fininho, abriu possibilidades concretas para Uriel e João Paulo, que corria por fora.

Sposaro acelerou desde o início atrás da vitória e do inédito título em sua precoce carreira. O garoto de apenas 16 anos surrou uma pequena esquerda de backside, que lhe valeu 9.25 pontos, totalizando 16.30 no somatório. Pela vitória, Uriel arrematou a premiação em dinheiro, se tornando um dos surfistas mais jovens a conquistar o título de campeão catarinense profissional no estado.

João Paulo de Abreu tinha chances reais de ser campeão, e chegou a diminuir a diferença em suas últimas ondas, mas não foi o surficiente para o imbitubense. Abreu repetiu o resultado conquistado em 2017, finalizando em segundo lugar na prova e no ranking. Completaram a bateria final José Muniz (3º) e Marco Polo (4º).

Domingo de encerramento e emoção na Joaquina

As ondas melhoraram neste último dia de ASJ Ocean Pacific de Surf, com os campeões das categorias restantes do circuito definidos na Joaca.

O domingo também reservou outras atrações, como a apresentação reunindo surfistas com deficiência visual, e a homenagem da ASJ a Mateus Herdy, atleta local e campeão mundial Pro Junior da WSL de 2018.

Kyany Hyakutake

As finais das três categorias do surf feminino tiveram as vitórias de Kyany Hyakutake na Feminino Open e na Sub 16, e Maria Isabel Nogueira na Feminino Sub 12.

Yuri Gabriel é um nome em ascensão em sua divisão, e venceu a categoria Petiz, com duas boas ondas que fizeram a diferença a seu favor na final. Na Infantil, o local Gabriel Ogasahara totalizou 14.85 e venceu sua categoria, após uma disputa ferrenha contra Davi Glazer, que ameaçou o nipo-brasileiro durante toda a bateria final.

Pamella Mel

Pelos Iniciantes, Caetano Silveira demonstrou conhecimento do perímetro “joaquineiro”, e venceu com folga a final de sua categoria. Davi Glazer (2º) João Vitor Guimarães(3º), e Gabriel Ogasahara (4º) fecharam a lista.

As categorias Mirim e Local chamaram atenção pelas notas altas arrancadas pelos competidores, numa boa hora do mar e da maré. Luan Silveira apostou no surf ágil e vertical para dominar e vencer a Mirim, aplicando uma boa diferença em relação a Caetano Silveira, segundo colocado.

Na sequencia Ronaldo Silveira venceu a Local ASJ, surfando com uma prancha quadriquilha 5´0, que lhe proporcionou notas excelentes desde a bateria semifinal. “Por que não usei essa prancha ontem (sábado) na disputa da Pro/Am?”, se questionou Ronaldinho, após vencer a decisão.

Adaptados e deficientes visuais roubam a cena.

As duas últimas finais deste domingo reuniu as categorias Surf Adaptados, e a inédita disputa com atletas portadores de deficiência visual. Essa bateria especial contou com a presença do brasileiro Dereck Rabelo, referência mundial na modalidade, que saiu da Joaquina com o título. “Estava visitando uns amigos aqui em Santa Catarina, quando soube dessa etapa da ASJ, e sugerimos a diretoria para encaixarmos no cronograma nossa categoria”, declarou Dereck, que também disputou a final Adaptados, com o auxílio do surfista profissional local Diego Rosa.

Numa decisão reunindo seis surfistas, a Surf Adaptados fechou a temporada 2018 do Circuito ASJ Ocean Pacific de Surf, com a vitória do local Luciano Nem.ASJ homenageia campeão Mundial pro Junior 2018.

A entrega da premiação começou com a homenagem feita pela ASJ (Associação de Surf da Joaquina) a Mateus Herdy, campeão mundial Pro Junior 2018 da WSL. Herdy foi revelado na Joaca, e desde pequeno disputou os circuitos locais, além de defender a entidade nas competições estaduais entre associações. “Uma grande honra receber essa homenagem da ASJ e ver essa garotada arrebentando no mesmo circuito que a alguns anos atrás eu estava disputando”, declarou Mateus, que recebeu a honraria das mãos do presidente da ASJ João Africano, visivelmente emocionado.

A terceira e última etapa do Circuito ASJ OP Ocean Pacific de Surf Amador 2018 é apresentado pela OP Ocean Pacific. Patrocínio: Liquid Trips e Puerto Escondido Quiosque Mexicano. Apoio: Mormaii Joaquina, Rhyno, Mix Fins, Godas, Tikehau Surf Shop, Kxo Surfboards, SDA Surfing, Desterro Hostels, Tropical Brasil, Ilha Store, Hot Glass, Magic Islands Wax, Sacolão da Ponte, Panificadora Lisboa, In Paradise, Restaurante Pedra Careca e Boletim de Olho no Mar. Promoção: OP Ocean Pacific. Realização: ASJ (Associação de Surf da Joaquina). Supervisão técnica: Fecasurf.

OBS: Aguardem nova atualizações, com as Galerias oficiais de fotos de ação e dos bastidores desta última etapa do ano do CIRCUITO ASJ OCEAN PACIFIC DE SURF. Em breve, serão divulgados a data e o local da entrega da premiação do ranking do circuito 2018.

Resultados

Pro/Am
1º- Uriel Sposaro
2º- João Paulo de Abreu
3º- José Muniz
4º- Marco Polo

Junior
1º- João Godoy
2º- Uriel Sposaro
3º- Luan Silveira
4º- Caetano Silveira

Master
1º- Jorge Correa
2º- Jussemir Junior
3º- Azul Fonseca
4º- Rafael Guimarães

Mirim
1º- Luan Silveira
2º- Caetano Silveira
3º- João Vitor Guimarães
4º- Zurisadai Ferreira

Iniciantes
1º- Caetano Silveira
2º- Davi Glazer
3º- João Vitor Guimarães
4º- Gabriel Ogasahara

Infantil
1º- Gabriel Ogasahara
2º- Davi Glazer
3º- Laura Raupp
4º- Lucas Costa

Petiz
1º- Yuri Gabriel
2º- Lucas Costa
3º- Henrique Venceslau
4º- Isabella Bonatto

Feminino Open
1ª- Kiany Hyakutake
2ª- Pamela Mel
3ª- Laura Raupp
4ª- Ana Barbara

Feminino Sub 16
1ª- Kyany Hyakutake
2ª- Laura Raupp
3ª- Pamela Mel
4ª- Maria Isabel Nogueira

Feminino Sub 12
1ª- Maria Isabel Nogueira
2ª- Laura Raupp
3ª- Luiza Rosa Teixeira
4ª- Maria Amélia Autuori

Surf Adaptado
1º- Luciano Nem
2º- Fidel Teixeira
3º- Derek Rabelo
4º- Junior Cardoso
5º- Gelder Costa
6º- Silvia Pereira

Local Open
1º- Ronaldo Silveira
2º- João Godoy
3º- Guilherme Tranquilli
4º- Philipe Glazer

Deficientes Visuais
1º- Derek Rabelo
2º- Nauri
3º- Jackson
4º- Tarson

Ranking final do Circuito ASJ Ocean Pacific de Surf 2018, após três etapas realizadas.

Open
1º- João Godoy 2.710 pts.
2º- Guilherme Tranquilli 1.821 pts.
3º- Bruno Silva 1.385 pts.
4º- Ronaldo Silveira 1.000 pts
4º- Marco Polo 1.000 pts.
Obs: O campeão Open levou uma passagem para o México, com oferecimento do Puerto Escondido Quiosque Mexicano.

Junior
1º- Uriel Sposaro 2.900 pts.
2º- João Godoy 2.629 pts.
3º- Luan Silveira 1.997 pts
4º- Ian Biagio 1.449 pts
Obs: O campeão Junior levou uma passagem para o Peru, com oferecimento da Liquid Trips.

Master
1º- Jorge Correa 2.260 pts.
2º- Tiago Farias 2.122 pts.
3º- Guga Arruda 1.900 pts.
4º- Jussemir Junior 1.800 pts.

Mirim
1º- Luan Silveira 2.330 pts.
2º- João V. Guimarães 1.748 pts.
3º- Daniel Gehlen 1.531 pts.
4º- Maximus Petrina 1.458 pts.

Iniciantes
1º- João V. Guimarães 2.140 pts.
2º- Gabriel Ogasahara 2.041 pts.
3º- Pedro Souza 1.968 pts.
4º- Takeshi Oyama 1.531 pts.

Infantil
1º- Gabriel Ogasahara 2.800 pts.
2º- Pedro Souza 2.195 pts.
3º- Davi Glazer 1.431 pts.
4º- Anuar Chiah 1.000 pts
4º- Keone Roitman (Haw) 1.000 pts.

Petiz
1º- Ryan Martins 2.287 pts
2º- Isabella Bonatto 1.989 pts.
3º- Yuri Gabriel 1.656 pts.
4º- Lucas Costa 1.556 pts.

Feminino Open
O ranking da Feminino Open não foi atualizado até o encerramento deste release oficial.

Feminino Sub 16
1ª- Kyany Hyakutake 2.729 pts.
2ª- Pâmela Mel 2.610 pts.
3ª- Laura Raupp 2.366 pts.
4ª- Rafaela Coelho 1.000 pts.

Feminino Sub 12
1ª- Luiza Rosa Teixeira 2.520 pts
2ª- Maria Amélia Autuori 2.439 pts.
3ª- Laura Raupp 2.312 pts.
4ª- Isabela Bonatto 2.285 pts.

Surf Adaptado
1º- Gelder Costa 1.556 pts.
2º- Jonathan Borba 1.000 pts.
2º- Luciano Nem 1.000 pts.
4º- Fidel Teixeira 900 pts.

Link permanente para este artigo: http://www.floripasurfreport.com.br/?p=16712