No Havaí o surf está liberado


“Vá surfar, mas depois vá pra casa,” diz HAWAII NEWS NOW

O Havaí está na contramão da maioria dos países atingidos pelo coronavírus, que proibiram o surf (bem como a circulação de pessoas) nas regiões litorâneas. A prática do surf está liberada no arquipélago, desde que seja respeitada a recomendação de se manter distância mínima de 2 metros das outras pessoas.

O canal Hawaii News Now saiu às ruas perguntando às pessoas se o surf deve ou não ser permitido nos tempos de quarentena. Todos os entrevistados responderam que sim, afinal o esporte ajuda manter corpo e mente saudáveis.

Inclusive, o diretor de saúde do Havaí, Dr. Bruce Anderson, que também é surfista, dá seu parecer a favor do esporte e chega até a discordar da opinião da cientista californiana Kim Prather, que nessa semana, disse que nos ambientes costeiros, as gotículas do vírus podem percorrer mais de 2 metros.

“Discordo completamente (da cientista Kim Prather). Penso que o surf, por sua própria natureza, reforça a ideia do distanciamento social,” disse Anderson. O epidemologista DeWolfe Miller, da Universidade do Havaí, concorda com a liberação do surfe, mas alerta: “Mantenha uma distância de pelo menos 2 metros uns dos outros.”

Link permanente para este artigo: http://www.floripasurfreport.com.br/?p=25133