World Surf League cancela Championship Tour de 2020 e anuncia novo formato para o Circuito Mundial de 2021


Temporada 2021 do CT será iniciada em novembro de 2020 no Havaí

LOS ANGELES, Califórnia / EUA (sexta-feira, 17 de julho de 2020) – A World Surf League (WSL) está divulgando hoje várias atualizações e alterações em seus circuitos e competições, além do cancelamento da temporada 2020 do Championship Tour, devido a pandemia de COVID-19.

WSL cancela o Championship Tour de 2020

Visando a saúde e segurança dos atletas, bem como dos fãs, funcionários e das comunidades locais, como principais prioridades e, considerando os desafios para as viagens internacionais no momento, a World Surf League decidiu cancelar oficialmente a temporada 2020 do Championship Tour (CT) e do Qualifying Series (QS).

“Após muita consideração e extensas discussões com nossos principais colaboradores, tomamos a decisão de cancelar as temporadas do Championship Tour e do Qualifying Series esse ano, devido à pandemia do COVID-19”, disse o CEO da World Surf League, Erik Logan, em um vídeo divulgado nos canais da WSL (clique aqui para acessar o vídeo).

“Acreditamos que o surfe é um dos esportes que precisa de muita segurança para ser realizado nesta época do COVID. Temos um enorme respeito pelas preocupações contínuas de muitas pessoas na nossa comunidade, enquanto o mundo trabalha para solucionar tudo isso”.

A WSL também confirma que a temporada de 2021 começará ainda este ano no Havaí, no mês de novembro para as mulheres na ilha de Maui e em dezembro para os homens na ilha de Oahu. Mas, isso depende da aprovação do Estado do Havaí e das entidades governamentais locais, bem como a situação das restrições das viagens internacionais. Os títulos mundiais de 2021 (masculino e feminino) serão decididos no “The WSL Finals”, um evento especial que será realizado em um único dia no mês de setembro, para fechar a temporada.

Novo formato do Championship Tour para a partir de 2021

O WSL Championship Tour de 2021 terá alterações importantes no formato:

● “The WSL Finals” – os títulos mundiais feminino e masculino serão decididos em um único dia de competição, denominado “The WSL Finals”. Após o término da temporada de dez eventos do CT, as cinco mulheres e os cinco homens mais bem ranqueados, lutarão por seus respectivos títulos em um novo formato de “surf-off” (sistema mata-mata) em uma das melhores ondas do mundo.

● Mesmo número de etapas no CT masculino e feminino: O CT de 2021 será realizado com o mesmo número de 10 eventos para mulheres e para homens pela primeira vez na história, com as mulheres se juntando aos homens para competirem novamente no Taiti, o que não acontece para elas desde 2006.

● Novo calendário dos circuitos: além do novo formato do CT, o calendário será atualizado para criar temporadas distintas entre o CT e o Challenger Series (CS). A partir de 2021, o CS será disputado entre os meses de agosto e dezembro. Já o Qualifying Series (QS), vai de janeiro até o final de junho de 2021, determinando os classificados para competir no Challenger Series. Os pontos das etapas do QS disputadas em 2020 serão computados no QS de 2021.

Essa evolução faz parte de uma discussão de vários anos e o formato final foi definido em uma colaboração conjunta entre os surfistas, patrocinadores e a WSL.

“Trabalhamos extensivamente em colaboração com a equipe de Tours e Competition da WSL nessas novas mudanças e estamos muito empolgados com as novas atualizações no formato”, disse Tatiana Weston-Webb, representante das atletas da WSL. “A nova temporada do CT, as mulheres indo competir no Taiti novamente e o compromisso da WSL em criar mais oportunidades para os novos talentos nas regiões, são mudanças que, sem dúvidas, irão ajudar a criar os futuros campeões mundiais do surfe”.

“Eu mal posso esperar para colocar a lycra e competir novamente”, disse Filipe Toledo, vencedor do Oi Rio Pro em Saquarema em 2018 e 2019. “Estou animado com as mudanças no formato com a WSL Finals e ansioso para ver como essas mudanças poderão criar uma nova dinâmica no circuito mundial”.

Calendário do World Surf League Championship Tour 2021*:
*Todos os eventos estão sujeitos a alterações conforme as atualizações do COVID-19.

Shiseido Maui Pro presented by Roxy: Maui, Havaí:
25 de novembro a 6 de dezembro de 2020

Billabong Pipeline Masters: Oahu, Havaí:
8 a 20 de dezembro de 2020

MEO Pro Portugal: Peniche, Portugal
18 a 28 de fevereiro de 2021

Corona Open Gold Coast presented by Billabong: Queensland, Austrália:
18 a 28 de março de 2021

Rip Curl Pro Bells Beach: Victoria, Austrália
1 a 11 de abril de 2021

Margaret River Pro: West Australia, Austrália:
16 a 26 de abril de 2021

Oi Rio Pro presented by Corona: Saquarema, Rio de Janeiro, Brasil
20 a 29 de maio de 2021

Surf Ranch Pro: Califórnia, EUA
10 a 13 de junho de 2021

Quiksilver Pro G-Land: Indonésia
20 a 29 de junho de 2021

Corona Open J-Bay: África do Sul
7 a 19 de julho de 2021

Outerknown Tahiti Pro: Teahupo’o, Tahiti:
26 de agosto a 6 de setembro de 2021

The WSL Finals: local a ser definido
8 a 16 de setembro de 2021

Os ajustes no CT de 2021 começam pela inédita WSL Finals, provocando algumas mudanças de praias no calendário. Devido não ser a época ideal de ondas, o Championship Tour não terá mais o evento da França. No entanto, a WSL em parceria com a Quiksilver e a ROXY, está comprometida com a região e tem esperanças em promover um importante evento do Challenger Series em Hossegor em 2021.

Novo corte no meio da temporada de 2022

Além dessas mudanças para 2021, um corte no meio da temporada será introduzido para o CT em 2022, para reduzir o número de competidores para a segunda metade do circuito, de 36 para 24 surfistas na categoria masculina e de 18 para 12 na feminina. Os eventos poderão ser realizados nas melhores épocas de swell em lugares como G-Land e J-Bay, visando assegurar que as estrelas do esporte possam se enfrentar com mais frequência. Devido aos desafios do COVID-19 e do ano em transição em 2021, o corte não será implementado até a temporada de 2022, o que significa que todos os qualificados para o CT 2020 surfarão uma temporada completa quando o Tour retornar no final deste ano.

Mais informações sobre eventos regionais – incluindo o CS, QS, Big Wave, Longboard, Pro Junior – serão disponibilizadas nas páginas de eventos regionais no WorldSurfLeague.com.

WSL Countdown: eventos especiais serão realizados na Austrália, EUA e Europa

Buscando levar o surfe competitivo para os fãs do esporte durante este período de muitas restrições para viagens internacionais, a WSL realizará uma série de eventos regionais de exibição com surfistas do CT, denominados de WSL Countdown, nos EUA, Austrália, Portugal e França.

Nos EUA, o Surf Ranch sediará o Rumble at the Ranch, um evento especial de equipes mistas no mês de agosto. Na Austrália, o Australian Grand Slam apresentará eventos no formato “strike mission” na Gold Coast e em Margaret River nos meses de setembro e outubro. Na França e em Portugal, acontecerá a Euro Surf Cup com estrelas regionais do CT no final de setembro e início de outubro.

A WSL desenvolveu protocolos de saúde e segurança para esses eventos locais, em colaboração com organizações de saúde pública, autoridades locais e estaduais, utilizando diretrizes estabelecidas pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, Organização Mundial da Saúde e pelas melhores práticas emergentes estabelecidas por outras ligas e eventos esportivos ao vivo somente para transmissão, sem presença de público.

Esses eventos de exibição de pré-temporada, utilizarão uma variedade de formatos e serão disputados por alguns dos melhores surfistas do mundo. Todos os eventos serão transmitidos ao vivo pelo WorldSurfLeague.com. Mais detalhes sobre a WSL Countdown estarão disponíveis em breve

Para mais informações, visite o worldsurfleague.com/2021

Link permanente para este artigo: http://www.floripasurfreport.com.br/?p=28556